Ultimas

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Vereador é preso durante audiência na qual respondia por outro crime, na Paraíba

Pádua Leite responde por difamação e calúnia e agora foi acionado por prevaricação; Ministério Público foi procurado pelo Portal Correio para se posicionar sobre o caso, mas ninguém foi encontrado

Foto: Blog do Pádua Leite

Foi preso na tarde desta quarta-feira (17), o vereador Antonio de Pádua Pereira Leite (PT), líder do prefeito Sales Lima (DEM) na Câmara Municipal de Piancó, a 395 km de João Pessoa, no Sertão da Paraíba. Ele respondia por um crime e agora foi acionado por outro.

O vereador disse ao Portal Correio que participava de uma audiência, na qual respondia por difamação e calúnia, depois de ter reclamado com uma promotora de justiça do Ministério Público, por ela ter publicado uma Portaria estipulando horário para o fim de festas públicas na cidade.

Mais notícias aqui

No interrogatório desta quarta, ele disse que existe “corporativismo no MP”. O promotor Uirassú de Melo estava na audiência e contestou imediatamente, acionando a polícia e pedindo a prisão do vereador por prevaricação, que é o crime praticado por funcionário público contra a Administração Pública.

facebook

Pádua falou que foi tirado do Fórum Desembargador Luis Silvio Ramalho por policiais do 13º Batalhão e levado para a delegacia em Piancó, onde prestou depoimento, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência e foi liberado.

O vereador falou que está entrando com uma representação criminal contra o promotor Uirassú na Corregedoria de Justiça em João Pessoa e no Conselho Nacional do MP em Brasília por abuso de autoridade. Além disso, ele informou ainda que vai mover um processo contra o Estado por danos morais.

Por Alisson Correia
Portal correio

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates