Ultimas

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Exames ainda não indicam causa de sangue em olhos de garota na BA

Adolescente de 14 anos sofre há mais de um mês com sangramento, Médica diz que exames ajudam a avaliar situação, mas diagnóstico é incerto.

Adolescente de 14 anos sofre há um mês com saída de sangue pelos
 olhos na Bahia (Foto: Reprodução/TV Bahia)

Keila Bispo dos Santos, de 14 anos, passa por novos exames e ainda não descobriu a causa do sangramento constante nos olhos, que ocorre há mais de um mês e gera dor constante na região da cabeça. Ela mora na cidade de Aurelino Leal, sul da Bahia. Antes dos olhos, ela diz que os sangramentos já aconteceram no nariz, nos ouvidos e na boca.

Adolescente foi ao oftalmologista nesta sexta-feira
(10) (Foto: Roger Sarmento / TV Santa Cruz)
Mais notícias AQUI

"Não consigo dormir direito, não consigo me alimentar direito, nao está sendo fácil", disse a mãe Tania Ribeiro sobre os cuidados constantes com a filha.A adolescente faz uma série de exames em busca de diagnóstico. Na terça-feira (15), ela fez nova cintilografia ocular, uma espécie de mapeamento dos canais por onde passa a lágrima. O resultado deve sair em, no máximo, quatro dias. No entanto, a médica adianta que ele não será capaz de indicar, de forma isolada, o que causou a hemorragia nos olhos, mas ajuda, sim, na avaliação do caso.

facebook

"Os exames servem para a gente identificar se há alguma obstrução nos canalículos lacrimais, porque ela pode ter esse problema associado, que leva à saída do sangue por fora dos olhos", explica a médica Daniela Oda.

Iniciando uma maratona de visita a clínicas médicas, a adolescente tem contado com a ajuda de moradores e de um radialista da região, que tem arrecadado dinheiro para viabilizar os exames médicos.

"Ela está com medo. É uma criança. Sempre digo: 'Tenha fé em Deus que a gente vai conseguir'. Nós vamos conseguir", disse a tia Elenildes Bispo dos Santos.

Como desconhecem casos semelhantes na Bahia, familiares desejam levar a adolescente para São Paulo, onde encontraram casos semelhantes divulgados pela imprensa. "Queremos saber se eles [que já passaram por isso] descobriram o que se trata. Ela tem reclamado de dor em cima de outra. Temos fé de que vamos descobrir o que é", afirmou.


Do G1 BA.
Com informações da TV Santa Cruz

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates