Ultimas

terça-feira, 7 de outubro de 2014

Inglesa se apaixona por homem idêntico ao noivo morto em acidente: “Semelhantes não só na aparência”

“Foi uma loucura! Eu sentia como se estivesse falando com Mark de novo, mas era Michael”, diz Naz Faruk, que perdeu o noivo meses antes de dar à luz a filha do casal.

Naz Farouk Segura a foto do noivo morto em acidente, Mark, ao 
lado do namorado  Michael, com a filha Sia no colo 
(Foto: Caters News/The Grosby Group)
Naz Faruk perdeu o noivo, Mark Ashdown, num acidente de moto, em julho de 2013. Ainda abalada pela perda, a inglesa de 28 anos deu à luz a filha do casal, Sia, em fevereiro deste ano. Meses depois, Naz diz ter ficado chocada ao encontrar, num site de relacionamentos, o perfil de Michael Miller, idêntico ao ex-noivo não só fisicamente, mas “em personalidade”.

Mais notícias aqui

“Foi uma loucura! Eu sentia como se estivesse falando com Mark de novo, mas era Michael”, disse Naz ao “Daily Mail”.“Ninguém vai substituir Mark, mas é surreal encontrar outra pessoa tão igual a ele. Levou meses de conversa on-line até que eu e Michaels nos encontrássemos, mas nos apaixonamos instantaneamente”, contou ela ao “Daily Mail”.

facebook

Naz afirma que, assim como Mark, Michael tem pouco mais de 1,80m, cabelo longo castanho claro e olhos azuis. Mark também gosta de tocar guitarra como o ex, mas a lista de coincidências não para por aí. “Mark era muito carinhoso e emotivo e Michael é exatamente assim”, garante ela, que diz ter encontrado “o homem dos seus sonhos” pela segunda vez.


Mark morreu num acidente de moto num cruzamento em Berkshire, na Inglaterra, onde o casal vive, ao ser atingido por um carro. Os pais dele tiveram que dar a trágica notícia a Naz, que estava grávida, após ela ligar várias vezes para o celular do ex-noivo.

“Eu liguei para Mark após ele passar uma tarde sem dar notícias. Eu senti minhas pernas fraquejarem quando eles me disseram que eles tinha morrido. Ele era muito jovem pra morrer, tínhamos toda uma vida pela frente, foi muito cruel”, lamenta ela.


A inglesa diz que seu maior medo era que fosse perder a filha também, “a única parte de Mark que ficou comigo”. No entanto, Naz teve um parto tranquilo e o nascimento de Sia ajudou a superar ao trauma da morte do noivo.

“Nunca imaginei que formaria uma família novamente”, diz Naz, que se tornou inseparável de Michael desde que os dois se encontraram pela primeira vez este ano.


“Michael se deu muito bem com Sia, ele a ama como se fosse sua própria filha. Quero que ela saiba quem foi o pai e o quanto ele foi importante para nós. Guardei um baú de roupas e lembranças de Mark para que ela o conheça quando crescer.”

"Me sinto muito sortuda de ter encontrado Michael, que é tão semelhante [a Mark] não só na aparência, mas também na personalidade", comemora a inglesa.
Por Marie Claire

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates