Ultimas

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Torcida do Treze se humilha para entrar na “própria casa”

Torcida do Treze / imagem moinho do frança
Atendendo a pedidos de vários torcedores, tenho que fazer o registro! Entra diretoria, sai diretoria, e o problema continua o mesmo. Faz muito tempo, aliás, que torcedor não é visto como consumidor no Presidente Vargas.

No jogo de estreia do Campeonato Paraibano, neste domingo (01), vários trezeanos perderam grande parte do primeiro tempo porque não conseguiram comprar ingresso logo. O problema começou com as grandes filas, geradas por falta de mais bilheterias abertas para o torcedor comum (o que não é sócio). Depois se agravou com a falta de bilhetes, prejudicando a arrecadação, já que muitos torcedores voltaram para casa quando viram o tumulto e a impossibilidade de ver o time do coração em campo durante os 90 minutos da partida. E a alegação de sempre do clube é que a torcida tem que comprar ingresso antecipadamente, o que nunca convence, já que ninguém tem obrigação de saber se vai ou não para o jogo de forma antecipada.

O pífio resultado de 1 a 1 em casa contra o inexpressivo Santa Cruz de Santa Rita e mais uma atuação ruim de arbitragem dentro do terreiro do Galo acabaram sendo coadjuvantes diante de tamanha desorganização.

A torcida espera que quarta-feira próxima, diante do Sousa, seja melhor em todos os sentidos.


Por Tiago França
moinho do frança

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates