Ultimas

terça-feira, 31 de março de 2015

Hoje mas uma vez teve bati-boca na CPI da Petrobras em Brasília-DF.

Hoje durante a CPI da Petrobras teve bati boca entre os integrantes da CPI, entre vários parlamentares, os ânimos foi mas exaltados entre os deputados delegado Waldir de Goiás-GO e Jorge Solla da Bahia-BA. Fotos / L Barbosa.

O Deputado delegado Waldir de Goiás quis amenizar os ânimos “deixar o depoente fala deixa o depoente falar baixa a bola baixa a bola vamos ouvir-lo” falando com o Deputado Jorge Solla da Bahia-BA, o Deputado Jorge Solla em tom mas alto falou “aqui não e delegacia não viu não e delegacia não delegado Waldir” delegado Waldir respondeu “ser aqui fosse delegacia vc já tava preço vc já tava preço viu”. O bati baça comeso depois do Deputado Izalci do DF perguntar ser as perguntas foram combinado na Petrobras como na CPI do Senado.

Em depoimento à CPI da Petrobras, o ex-gerente-geral da refinaria de Abreu e Lima (PE) Glauco Legatti negou nesta terça-feira (31) ter recebido propina do esquema de corrupção que atuava na estatal. À Justiça, o engenheiro Shinko Nakandakari, apontado pelo Ministério Público Federal (MPF) como operador da construtora Galvão Engenharia, afirmou ter pago R$ 400 mil a Legatti. O ex-gerente admitiu nesta terça que mantinha uma relação de amizade com o delator da Operação Lava Jato.



Fernanda Calgaro
Do G1, em Brasília e

Jornal Folha Informa
fotos /  L Barbosa

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates