Ultimas

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Marina Mantega é processada por não pagar aluguel em São Paulo

Tatiana Regadas
do EGO, em São Paulo





Marina Mantega em carro de luxo em foto postada em
rede social  (Foto: Reprodução/Instagram)
A apresentadora Marina Mantega está sendo processada por não pagar aluguéis de imóveis em São Paulo. O EGO teve acesso aos processos - que ainda estão em andamento- e de acordo com os autos, as dívidas somam mais de R$ 200 mil.

Mais notícias aqui

Segundo o EGO apurou, o primeiro processo corre desde 2012 no Foro Central Cível de São Paulo e a Justiça teve dificuldade de citar (a citação acontece para que o réu tenha ciência de que existe um processo contra ele) Marina no processo, porque a apresentadora não era encontrada pelos oficiais de Justiça. Uma vez que Marina - que é filha do ex-Ministro da Fazenda Guido Mantega - foi citada no processo no dia 13 de novembro de 2014, dois anos após a abertura do processo, o juiz determinou o pagamento da dívida de cerca de R$ 116 mil em três dias, prazo que não foi cumprido por Marina.

Neste processo, houve tentativa de penhora dos bens de Marina para o pagamento da dívida, mas ela não indicou seus bens. Sem sucesso no pagamento da dívida, a Justiça entrou em contato com a TV Bandeirantes, em que Marina trabalha como apresentadora, que informou que ela faz produções independentes para o canal.

Em fevereiro de 2015, o juiz do caso se mostrou insatisfeito com as tentativas de Marina de não cumprir as ordens judiciais e citou a "vida luxuosa" da apresentadora no ato: "Ao contrário do que alega a executada, é sim seu dever colaborar para a satisfação da dívida e, com base na boa-fé objetiva, deve indicar bens seus passíveis de penhora, ainda mais quando aparenta vida luxuosa. Isso não fez a executada, alegando, basicamente, que cabe ao exequente localizar seus bens. Assim, nos termos dos arts. 600, IV e 601 do CPC, aplico-lhe a pena de multa de 10% sobre o valor da dívida. Apresente o exequente novo cálculo da dívida, com a devida multa e requeira o que de direito para o prosseguimento do feito."

O processo ainda está em andamento e a Justiça de São Paulo tenta formas de conseguir o dinheiro sendo o ato mais recente do processo um ofício do dia 31 de agosto enviado à rede Jovem Pan de rádio, em que Marina apresenta o programa "Pânico". Segundo o EGO apurou, a tentativa de enviar ofícios aos locais de trabalho da apresentadora era para tentar o pagamento da dívida através do desconto do salário dela.

Novo processo em 2015
No dia 27 de agosto, outro processo de locação de imóvel foi aberto contra Marina Mantega na Justiça de São Paulo. O valor da ação é de R$ 143 mil e mais uma vez foi determinado que ela pague o valor em até três dias, sob pena de penhora.

No dia 9 de setembro, o mandado de citação foi expedido. O mandado é para que Marina tenha ciência do processo e somente depois que ela assinar a citação é que o processo pode correr normalmente.

Procurada pelo EGO, Marina Mantega não foi encontrada para falar sobre o assunto até a publicação desta notícia.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates