Ultimas

quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Mulher grávida passa por tortura psicológica no hospital de Soledade

Por Heleno Lima



Hospital de Soledade-PB / imagem google.com
Uma mulher grávida e prestes a dar a luz passou maus bocados na madrugada desta terça-feira (1º) no hospital de Soledade.

Segundo uma irmã da mulher grávida, que relatou a história aohelenolima.com, ao chegarem no hospital por volta das 2 horas da madrugada, não havia ambulância para levar a gestante à maternidade Elpídio de Almeida (ISEA) em Campina Grande e foi preciso ir em um automóvel normal e sem ao menos uma enfermeira para acompanhá-la.

Mais notícias aqui

O médico do hospital de Soledade, antes mandou a mulher grávida voltar para casa e acionar o SAMU.

Porém o médico do SAMU determinou que ela retornasse ao hospital para que o outro médico o SAMU.

Por sua vez, o médico do hospital falou para a gestante que isso não era trabalho dele e sim do SAMU.

Apesar do jogo de empurra empurra, a gestante seguiu viagem sem acompanhante em um automóvel a serviço da Prefeitura e, ao chegar no ISEA foi imediatamente levada para a ala de alto risco, mas tudo correu bem e ela ganhou uma linda bebê, que vai se chamar Ismênia vitoria.

Mulher ganha bebê no meio da rua

Alguns meses atrás, uma mulher acabou ganhando uma bela menina em frente a uma loja próximo ao hospital, haja vista que profissionais não saúde não atenderam-na.

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates