Ultimas

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Democratas criticam “espetacularização” da militância petista

“O que resta ao ex-presidente Lula e sua militância é dramatizar, buscar o papel de vítima, porque o de culpado já está bem próximo de acontecer”, assegurou o líder do Democratas na Câmara, deputado Efraim Filho (PB).

Deputados Democratas criticaram a “espetacularização” que a militância petista fez em torno do depoimento do ex-presidente Lula ao juiz Sérgio Moro nesta quarta-feira (10), no âmbito das investigações da operação Lava Jato. “O que resta ao ex-presidente Lula e sua militância é dramatizar, buscar o papel de vítima, porque o de culpado já está bem próximo de acontecer”, assegurou o líder do Democratas na Câmara, deputado Efraim Filho (PB).
Efraim lembrou que diversos deputados petistas viajaram à Curitiba para acompanhar o depoimento de Lula. “Há muitos temas de interesse do país que precisam ser discutidos aqui na Câmara e os parlamentares se ausentaram para participar da militância, em plena quarta-feira”, argumentou Efraim.
O parlamentar paraibano disse ainda que o medo do PT e sua militância é ter que lidar com a realidade. “Lula está diante de um processo legal, no qual várias testemunhas já afirmaram sua participação em esquemas de corrupção e as provas estão aparecendo”, disse. “As mentiras já não encontram mais guarida”, acrescentou.
Já o deputado Pauderney Avelino (AM), disse que o Partido dos Trabalhadores está tentando tirar o foco do fato de Lula ser réu na Lava Jato. “Estão querendo politizar uma questão que é iminentemente jurídica”, ponderou. “Lula deve explicações à justiça e não está acima da lei”, concluiu.
Assessoria





Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates