Ultimas

quarta-feira, 5 de julho de 2017

Câmara tem cinco sessões a partir de hoje para apresentar relatório

05.07.2017
Brasília -Advogado de Temer entrega defesa à CCJ da Câmara e diz que gravação é "duvidosa"
"O presidente da República não cometeu crime. Eu lanço um desafio para que provem que o presidente solicitou [vantagens indevidas]. A acusação não se funda em prova e nem em indício. A peça acusatória é uma peça de ficção, fugiu da realidade”. A declaração é do advogado Antônio Cláudio Mariz de Oliveira.
Mariz chegou à CCJ por volta das 16h e, pouco depois, o presidente da comissão, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), se dirigiu à sala onde estava o advogado.
Com a entrega dos argumentos da defesa, a CCJ terá de até cinco sessões do plenário para discutir e votar um parecer, elaborado pelo deputado Sérgio Zveiter (PMDB-RJ). O parlamentar foi indicado para a função nesta terça pelo presidente da comissão, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG).
A partir de hoje, então, passa a contar o prazo de cinco sessões da Câmara para que a CCJ se manifeste sobre a denúncia apresentada pela PGR.
A base tem que dar quorum nas sessões da Câmara para que o prazo se encerre até a próxima quarta-feira. Se houver pedido de vista, acaba na quinta-feira, dia 13.
Aliados estão irritados com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que disse só querer votar em plenário na semana do dia 18 de julho.
Eles queriam correr e já começar o processo na sexta-feira, dia 14, porque muitos já estão com passagem marcada para a terceira semana de julho, com recesso formal ou branco (extraoficial).

 
Gráfico do Jornal O Globo

Postar um comentário

 
Copyright © 2013 jornal folha informa
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates