Leitos de internação da rede municipal de João Pessoa para combate à Covid-19 — Foto: Divulgação/PMJP
Desde o dia 20 de abril a Paraíba atingiu o ponto máximo da pandemia do coronavírus, de acordo com o secretário de estado da saúde, Geraldo Medeiros. Ele explicou que os números mais altos da doença devem perdurar ainda até o fim de maio. Além disso, conforme a assessoria da Secretaria de Estado da Saúde, 50% dos leitos de UTI adulto estão ocupados na Paraíba.

Conforme o secretário, a informação o pico da doença é baseada em estudos de um comitê científico formado pelos nove estados do nordeste. Os casos são monitorados pelo calor, através dos pacientes que apresentam febre e que, dessa forma, identificam os possíveis casos do coronavírus.

Apesar de estar com 50% dos leitos ocupados, o secretário executivo Daniel Beltrammi esclarece que não há como afirmar ainda se a Paraíba terá um colapso ou não no sistema de saúde. Ele explicou que, atualmente, o Estado tem 151 leitos públicos ativos e, desse total, 50% está ocupado. Nos últimos sete dias, a Paraíba saiu de um de uma ocupação de 16% dos leitos para 58%, apenas na Região Metropolitana de João Pessoa. No Estado saímos de aproximadamente 17% para 50% de ocupação dos leitos.

"Nesse cenário que chamamos atenção para pequenos momentos contínuos de desrespeito ao isolamento social, e isso se reflete nos números. Nos últimos sete dias tivemos um aumento muito importante - também por causa dos testes rápidos - no número de pessoas que adoeceram e que precisaram de hospital, principalmente de UTI. Isso também é explicado pelo relaxamento do isolamento social", destaca Beltrammi.

No dia 20 de abril, a Paraíba tinha 263 casos da doença. Até a manhã desta terça-feira (28) a Paraíba já contabiliza 633 casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus, segundo informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgadas nesta segunda-feira (27). O número de mortes confirmadas por Covid-19 subiu para 53 no estado desde o início da pandemia.
Curva de contágio dos casos confirmados de Covid-19 na Paraíba
G1 acompanha diagnósticos e mortes.
11111111112233556610101414141417171919212129293232343435353636414155557979858511111115215219519523623626326334534544744749949954354363363324246616161010252516161313303010103131991818383844444141616152524444909077ConfirmadosNovos casos por diaMortes18/0320/0322/0324/0326/0328/0330/0301/0403/0405/0507/0409/0411/0413/0415/0417/0419/0421/0423/0425/0427/040200400600800
31/03
 Confirmados: 19
Fonte: SES
O número de casos confirmados aumentou 16% e houve um acréscimo de 90 novos casos em 24 horas, saindo de 543 para 633. Os testes rápidos começaram a ser feitos na população no domingo (26), o que pode ser um indicativo para o aumento de casos. Em João Pessoa, a testagem está sendo feita a domicílio. Em outras cidades, é preciso consultar o local de testagem.

Ao todo, 40 municípios já estão infectados pelo novo coronavírus, sendo a capital a cidade com o maior número de contaminação, com 410 casos. Conforme a Secretaria de Estado da Saúde, João Pessoa e as cidades do seu entorno já estão com 58% dos leitos de UTI ocupados. Em seguida está Santa Rita, com 47 pessoas com a Covid-19 e 42 em Campina Grande.
Por G1 PB.