Investigação é do estado de Pernambuco (Foto: Divulgação/PRF)
Foram encerradas, neste domingo (7), as atividades de erradicação de uma plantação de maconha que abasteceria o tráfico de drogas em estados do Nordeste, incluindo a Paraíba. Foram destruídos 146,3 mil pés da erva. A droga era cultivada em terrenos nos municípios de Cabrobó e Belém de São Francisco, no Sertão de Pernambuco.

As ações começaram na última terça-feira (2) e foram realizadas durante as operações Macambira V e Muçambê II, que ocorreram de forma integrada entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a Polícia Federal (PF) e o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior da Polícia Militar (BEPI-PM). Policiais rodoviários federais da Paraíba deram apoio aos trabalhos. No total, foram utilizadas 19 viaturas, um caminhão tanque, uma van e um helicóptero.

As plantações foram localizadas a partir de levantamentos da Base de Operações Aéreas da PRF e de investigação da PF, que identificaram 48 roças com características da cannabis sativa. Se colhidas, as plantas poderiam produzir 48,7 toneladas de maconha pronta para o consumo.

As ações de combate ao crime também foram realizadas nas rodovias federais do Sertão, sendo fiscalizados 259 veículos e 256 pessoas, apreendidos 81,5 Kg de maconha embalada, dois carros roubados e R$ 1.142. Ao todo, onze pessoas foram detidas pelos crimes de tráfico de drogas e receptação de veículo roubado.

A investigação das ocorrências será realizada pela Delegacia de Polícia Federal de Salgueiro, Pernambuco. As ações de erradicação vem sendo intensificadas na região, tendo em vista que o período de chuvas contribui para o aumento na produção da droga.

portal correio