Estudante é suspeita de integrar quadrilha que cometia fraudes em vestibulares de todo o país (Foto: Reprodução/TV Correio)

Uma universitária de 23 anos foi presa nesta quarta-feira (2), em Campina Grande, suspeita de integrar uma quadrilha responsável por fraudar vestibulares de Medicina. O delegado Ramon Euclides explica como ocorreu a prisão da suspeita e traz mais detalhes das investigações.

Por portal correio.