Publicidade

Instituto Butantan estuda exportar 30 milhões de doses da vacina

Imagem google

O Instituto Butantan está estudando a possibilidade de exportar 30 milhões de doses da vacina produzida, em parceria com o laboratório Sinovac, para países da América Latina. A informação foi confirmada pela equipe do Brasil Urgente e deixou o apresentador José Luzi Datena revoltado.

“Eu quero saber porque o Butantan entrou com ofício na Anvisa para saber como exportar 30 milhões de doses, mandar para outros países. A Itália proibiu vacina comprada pela Austrália de ir para a Austrália, porque foi fabricada na Itália. Aqui é o contrário”, criticou.

Mais noticias aqui

“Não tem vacina para o brasileiro e o Butantan já quer exportar? Tem que explicar isso. Se é para agora, daqui a pouco. Ofício assinado pelo Dimas Covas, vendo como é que faz para exportar. Porque tem que ter autorização da Anvisa. Parece ser um absurdo, mas pode não ser. O Butantan tem que dar uma explicação”, completou.

Em nota enviada à equipe do Brasil Urgente, o Butantan disse que “a prioridade da vacinação é para vacinar os brasileiros que estão e moram no Brasil”. A Anvisa confirmou que o instituto enviou e-mails para saber como fazer a exportação do imunizante.

Por Brasil urgente
Reprodução jornal folha informa

Postar um comentário

0 Comentários