Publicidade

Morre, vítima de Covid-19, o radialista Juarez Amaral

Juarez atuava em meios de comunicação de Campina Grande desde os Anos 80 e estava internado desde o dia 17 de março


Juarez Amaral | Foto: Reprodução

Morreu, nesta quinta-feira (25), em Campina Grande, o radialista Juarez Amaral, vítima de Covid-19.

Ele estava internado no Hospital Pedro I desde o dia 17 de março. Juarez caminhava às margens do Açude Velho quando passou mal e precisou ser levado à unidade de saúde.

O radialista atuava em meios de comunicação de Campina Grande desde os Anos 1980. Foi fundador do programa ‘O Jornal de Verdade’ e passou por emissores como a Rádio Caturité AM, Rádio Cidade Esperança AM e Rádio Arapuan FM.

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Adriano Galdino, lamentou a morte de Juarez Amaral.

“Perdemos um grande comunicador que durante décadas manteve a população de Campina e região informados e sintonizados em tudo o que acontecia no nosso Estado. É uma grande perda e por isso eu quero prestar minhas condolências a todos os ouvintes, amigos e familiares de Juarez”, disse o parlamentar.

O prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima, decretou luto oficial de três dias pela morte do radialista.

O sepultamento do corpo de Juarez Amaral está marcado para as 17h desta quinta, no Campo Santo Parque da Paz.

Por portal correio
R. jornal folha informa

Postar um comentário

0 Comentários