Publicidade

Paraíba ultrapassa marca de 221 mil infectados pelo coronavírus e totaliza 4.496 mortes

Setenta e oito óbitos seguem em investigação. Dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES)


Ocupação em UTIs é de 72% na Paraíba (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)

A Paraíba contabilizou, nas últimas 24 horas, mais 1.392 casos confirmados de Covid-19, totalizando 221.115. O número de mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus saltou de 4.471 para 4.496 entre esse sábado (27) e domingo (28). Setenta e oito óbitos seguem em investigação. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). Até o momento, 654.891 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados na Paraíba.
Resumo | Últimas 24h na Paraíba

    Confirmados: 221.115 (eram: 219.723)
    Descartados: 245.686 (eram: 245.121)

    Dentre os casos confirmados:
    Recuperados: 158.304 (eram: 158.132)
    Isolados em casa: 57.777 (eram: 56.582)
    Internados: 538 (sem alteração)
    Mortos: 4.496 (eram: 4.471)


Mortos

Dos 25 óbitos confirmados neste domingo (28) pela SES, 20 ocorreram nas últimas 24 horas. As vítimas são 13 homens e 12 mulheres, com idades entre 33 e 89 anos. Cinco delas não possuíam comorbidades. Até este último boletim, 206 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19.


Ocupação de leitos

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto, pediátrico e obstétrico em todo o estado é de 72%. Se for feito um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP), 87% estão ocupados. Em Campina Grande, estão ocupados 64% de leitos de UTI adulto e, no Sertão, 69%.

Leitos para Covid-19 ativos em todo o estado
Enfermaria: 520 (308 ocupados)
UTI: 332 (230 ocupados)


Vacinômetro

De acordo com o boletim da SES, até este domingo (28), foi registrada no sistema de informação SI-PNI a aplicação de 145.009 doses. Até o momento, 110.410 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 34.559 com a segunda dose da vacina.

Por Portal correio.

Postar um comentário

0 Comentários