Publicidade

Covid-19: DF registra redução de mortes em 21% nos últimos 14 dias

A média móvel de mortes ficou em 52,71 nesta sexta-feira (23/4). Em relação aos casos confirmados, a taxa ficou em 1.038, com queda de 24% nas contaminações pelo novo coronavírus no DF


No DF, a média móvel de casos ficou em 1038, 24% menor do que nos últimos 14 dias - (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A Press )

O Distrito Federal registrou, nesta sexta-feira (23/4), redução de 21% na média móvel de mortes por covid-19 em relação aos últimos 14 dias, com a taxa em 52,71. No caso da média móvel de casos, o número ficou em 1.038, 24% menor do que no mesmo período.

Apesar dessa redução, nas últimas 24 horas, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES) registrou 54 mortes por covid-19, sendo 26 somente na quinta (22/4). Ao todo, são 7.494 vidas perdidas pela doença nesta pandemia. Segundo o boletim epidemiológico da pasta, o DF notificou 1.033 novos casos do novo coronavírus. O total de pessoas infectadas chegou a 371.719, totalizando 354.122 casos confirmados na capital federal.

Somente em Ceilândia, são mais de 40 mil casos confirmados do novo coronavírus. No Plano Piloto, 35,3 mil moradores se infectaram, sendo um pouco mais do que em Taguatinga, onde 29,7 mil pessoas se contaminaram.

Quando se trata de mortes, Ceilândia segue no topo do ranking, com 1.194 vidas perdidas pela doença. Em Taguatinga, 750 pessoas morreram em decorrência de complicações da covid-19. Samambaia vem depois, com 585 moradores vitimados pela doença.

O boletim traz, ainda, que a taxa de transmissão do novo coronavírus está em 0,82 no DF. Desta forma, 100 pessoas podem transmitir o vírus para outras 82 que não estão infectadas.


Por Correio  Braziliense 
R. jornal folha informa

Postar um comentário

0 Comentários