Publicidade

Paraíba arrecada R$ 598,2 milhões com impostos estaduais no mês de março

Segundo a Secretaria de Estado da Fazenda, arrecadação cresceu 23,10% em comparação ao mesmo período de 2020


Imagem ilustrativa | Foto: Marcos Santos/USP Imagens

A arrecadação dos impostos relativos a circulação de mercadorias e serviços (ICMS), propriedade de veículos automotores (IPVA) e herança e doação (ITCD) na Paraíba registrou crescimento de 23,10% em março deste ano, quando comparada ao mesmo período de 2020. Em valores absolutos, houve recolhimento de R$ 598,2 milhões dos três tributos. Os dados são da 19ª edição do Boletim Covid-19, divulgada pela Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-PB) nesta quinta-feira (15).

De acordo com o documento, no acumulado do primeiro trimestre deste ano, a arrecadação dos tributos estaduais ICMS, IPVA e ITCD apresentou alta nominal de 18,24% sobre igual período de 2020. As receitas acumuladas do ICMS, IPVA e ITCD em março de 2021 apresentaram um incremento de R$ 293,5 milhões.

Em valores absolutos, o ICMS liderou o incremento da receita própria em R$ 270,1 milhões, seguido mais distante pelo IPVA (R$ 23,1 milhões), enquanto o ITCD registrou acréscimo de R$ 300 mil no primeiro trimestre de 2021 sobre igual período do ano anterior.

O Estado repassa, mensalmente, 25% do recolhimento do ICMS e 50% do IPVA aos municípios paraibanos.

O Boletim Covid-19 da Sefaz-PB traz os impactos na arrecadação do Estado durante a pandemia de coronavírus. O informativo inclui ainda os valores e a quantidade de notas fiscais e os repasses do Fundo de Participação dos Estados (FPE), além das parcelas de transferências do Apoio Financeiro pela União aos Estados Federativos no mês de junho de 2020. Os boletins vão servir para auxiliar os gestores na tomada de decisões mais assertivas e estratégicas nas áreas econômica e fiscal da Paraíba.


Por portal correio
R. jornal folha informa

Postar um comentário

0 Comentários