Publicidade

Homem apedreja ex-companheira e irmã dela em Gurjão por não aceitar fim do relacionamento

Renata precisou ser transferida para o Hospital de Trauma
 de Campina Grande. (Foto: Divulgação)


Renata Rayane dos Santos, de 23 anos​ e Rayssa dos Santos ​de 19 anos, seguiam em uma moto em uma estrada na zona rural​ do município, quando foram atacadas pelo homem.

Duas irmãs ficaram feridas ao serem apedrejadas no último sábado (24), na Zona Rural da cidade de Gurjão na Paraíba. Renata Rayane dos Santos, de 23 anos e Rayssa dos Santos de 19 anos, seguiam em uma moto em uma estrada na zona rural do município, quando foram atacadas pelo homem.

Segundo Rayssa, o acusado de praticar as agressões é o ex-companheiro da irmã, que não aceitava o fim do relacionamento.

O suspeito desferiu vários golpes de pedra na cabeça e no rosto da vítima e só parou quando ela desmaiou. Ainda segundo Rayssa, ela também foi agredida pelo homem ao tentar defender a irmã e ficou bastante ferida.

Ao achar que a ex-companheira teria morrido, o homem fugiu do local na moto que estava com as irmãs.

As vítimas foram socorridas para o hospital do município de Gurjão. Rayssa foi atendida e recebeu alta médica. Já Renata precisou ser transferida para o Hospital de Trauma de Campina Grande. Ela precisou ser sedada e entubada devido a gravidade dos ferimentos. O estado de saúde é considerado grave.

O suspeito do crime segue foragido.


Por Isabela Melo
ClickPB
R. jornal folha informa

Postar um comentário

0 Comentários